Muitos anos antes de criar o blog, eu costumava ler muitos livros em ebooks. A biblioteca da minha escola do fundamental era praticamente a mesma desde a 5ª série, com pouquíssimos títulos interessantes para uma garota que, naquela época, ainda era muito seletiva no quesito livros. Não lembro como fiquei sabendo dos ebooks, conhecidos por mim até hoje como livros em PDF, mas logo já estava procurando por eles em todo e qualquer site que possuísse algo relacionado. Comecei com o 4Shared, então encontrei o Scribd e um blog maravilhoso, que infelizmente parou de funcionar, o Malucos da Leitura
Inúmeras séries eu pude ler graças as, agora falecidas, comunidades de tradução. Academia de Vampiros, Os Imortais e Feios são alguns exemplos. Lembro que eu podia passar horas sem piscar na frente do meu antigo notebook, querendo terminar um livro para já, logo em seguida, poder começar o próximo da saga. 
Ebooks até hoje são uma alternativa para aqueles que não podem gastar dinheiro com todos os lançamentos que saem, quase que, diariamente. Eles são, como as próprias comunidades costumavam ressaltar, um trabalho de fã para fã. A comercialização de todos aqueles lidos por mim sempre era proibida, e os tradutores o aconselhavam a, se você tivesse gostado da obra, comprá-la posteriormente. Por exemplo, eu agora tenho a coleção completa de Academia de Vampiros e metade da de Os Imortais.
Hoje eu tenho conta na Amazon e o Kindle (download aqui) no meu celular, além do tão conhecido Adobe Reader (download aqui), mas eles são abertos raramente. Depois de algum tempo comprando livros em promoções e com novas bibliotecas disponíveis, além de amigas muito queridas, acho que desaprendi a ler apenas olhando para uma tela. Porém, parece que isso é como andar de bicicleta, já que há pouco tempo acabei me envolvendo completamente na leitura de A Escolhida, cedido em parceria pela Amanda, no Kindle, o que me deu a ideia para essa postagem, pontuando as vantagens e desvantagens dos ebooks. Porque o livro não precisa ser hardcover para ser bom.





Por serem pequenos, apenas um adicional para o mundo criado pelos autores, e não necessários para o entendimento da série principal, vários spin-offs são publicados na internet, a maioria até de forma gratuita. Exemplos disso são O Príncipe e O Guarda, da trilogia A Seleção, Destrua-me e Fragmenta-me, da série Estilhaça-me, e até mesmo O Capítulo do Julian, do livro único que foi um sucesso, Extraordinário
Isso tudo sem mencionar a enorme quantidade de histórias independentes publicadas na Amazon ou no Wattpad, que são gratuitas, o que nos leva ao próximo tópico.



Existem autores que não escrevem mais com a intenção de fechar contrato com uma editora ou publicar sua obra independentemente, eles simplesmente o anunciam na Amazon ou em seu próprio site. São vários os livros e originais os quais você nunca irá encontrar uma edição impressa, assim como as fanfics, que apesar de não se encaixarem nessa descrição, só estão disponíveis através de uma tela.
Além disso, todo o mundo terá acesso a tal exemplar, possibilitando um maior alcance da história.



Ebooks não possuem volume, são basicamente abstratos. Podemos ter vários em um aparelho que não fará a menor diferença. Também ocupam pouco espaço em um celular/tablet, já que cada um têm em média 2MB, menores do que um arquivo de áudio. Ombros doloridos, nunca mais!













Por último, mas não menos importante, não precisamos sair de nossas camas confortáveis e quentinhas para apagar a luz caso estejamos lendo um ebook, pois eles estão armazenados em aparelhos que, graças a Deus, possuem luz própria. Isso, infelizmente, dá início a segunda parte desse post.





















Isso não é uma verdade absoluta, porém, é provável que, depois de passar muito tempo olhando para uma tela a qual emite um brilho forte, seus olhos irão comecem a ficar secos e a coçar, podendo até causar dor de cabeça. Por isso, é aconselhável sempre ajustar o brilho do seu dispositivo de acordo com a claridade do local. Está com uma lâmpada ligada? Diminua a luminosidade da tela.







A não ser que todos os seus ebooks sejam da Amazon, é um pouco mais complicado saber o quanto você já leu de uma determinada obra. Em livros físicos, entretanto, isso já é natural. Marcadores bonitinhos também não são uma possibilidade.


Se tomar a decisão de comprar um ebook, saiba que poderá estar a meros 5 reais da versão física dele. As vezes a diferença em dinheiro é tão pouca que não faz sentido comprar a versão digital, até porque, quando sites fazem promoção de livros, geralmente deixam os digitais de fora. Não foram poucas as vezes que eu vi isso acontecer.






Essa deve ser a coisa que mais incomoda os leitores: ebooks não tem a aspereza do papel, aquele cheiro costumeiro de, que costumamos sentir em qualquer livro, e muito menos cor, exceto aqueles mais caprichados, que possuem detalhes nas páginas ou que permitem a mudança da cor do fundo. Tudo será mais monótono.




















Você só irá conhecer a capa de seus ebooks por fotos, e eles ficarão armazenados em algum aparelho eletrônico. Não poderá guardá-los em alguma prateleira, nenhuma que esteja pregada a alguma parede, pelo menos, nem organizá-los pela cor de suas lombadas.

Minha intenção ao escrever essa postagem não é louvar ou abominar os ebooks, e sim mostrar os prós e contras deles. Eu acredito que livros são livros, independente de eles estarem em uma prateleira ou não. Acho que muita gente, tem aversão aos ebooks, sem qualquer motivo. Não gostar é uma coisa, eu não amo,por exemplo, mas se recusar veementemente a ler, só por ser a versão digital, acho que já é demais. Qual é a opinião de vocês sobre o assunto? Tem mais algum ponto que pensam ser importante ressaltar? Não deixem de me dizer!

15 Comentários

  1. Eu devo confessar que já aderi aos e-books mesmo sendo completamente apaixonada pelo cheirinho dos livros. É mais prático, embora como disse, seja algumas vezes prejudicial a saúde, levando em consideração que cansa a vista bastante.

    Seu blog é um mimoo! <3

    Beijos

    www.raaymilhomem.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai, ai, como conviver com isso, né? Alguém aí vai ter que começar a comercializar um perfume, hahaha. Pois é, realmente é mais prático, mesmo que não seja a mesma coisa :/
      E você é um amorzinho Ray, obrigada!
      Beijos!

      Excluir
  2. Renata querida estamos em sintonia, esse fim de semana falei dos ebooks que tenho para ler. Concordo com você sobre as vantagens e desvantagens. Confesso que se não ficasse com a visão tão cansada (tenho sensibilidade à luz) leria bem mais e mais rápido nesse formato (como acontece com algumas blogueiros).
    Enfim adorei sua postagem e a diagramação da mesma com imagens e fontes diferentes. Parabéns pelo bom gosto linda!!!! Ótima semana para você!!!

    Leituras, vida e paixões!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, vi seu post e pensei exatamente nisso :) Sei como é, pois eu olho é claro e para sair no sol é uma briga. Creio que eu leria rápido desde que gostasse da história, haha.
      Que bom, você é que está sendo muito gentil Aline, hahaha. Obrigada e igualmente! Beijo.

      Excluir
  3. Oi amiga!!
    Eu vivo com esses pros e contras sobre ebooks o que me levou a não comprar um Kindle. Não tem jeito, eu prefiro os livros físicos, poder marcar os quotes com post its, viajar pelas páginas e poder voltar, para relembrar algum fato esquecido, ou avançar, para dar uma espiadinha rsrs. Sem falar que eu tenho uma espécie de toc: não posso passar o olho na minha estante que sinto a necessidade de parar e admirá-la haha.
    No entanto, como você mesma disse, há muitos livros que só existem na forma digital o que me levou a baixar o aplicativo Kindle no meu celular e tenho que dizer que ele é ótimo. Sempre consigo aproveitar promoções na Amazon ^^. O Wattpad também já me conquistou e é sempre bom conhecer novos autores nacionais por lá!!
    Outro ponto importante é a questão do espaço. Estou longe de ser aquelas que pessoas que já não têm mais espaço em casa para os livros. Ainda tenho poucos, mas sei e espero que um dia eu tenho uma biblioteca só para mim. Como eu pretendo ser uma pessoa saudável haha, acho que em um momento da minha vida vou começar a optar pelos ebooks.
    Ótimo post amiga!!
    Beijos,

    http://versosenotas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi amiga!
      Acho que um Kindle não valeria a pena mesmo, já que você teria que pagar por todos os ebooks :/
      Hahaha, sempre tenho que reler um pouquinho para escrever uma resenha, então sei como é. As vezes eu acordo e fico olhando para a minha também #coisasdeleitor. Que bom que você baixou (e já está aproveitando, né, hehe!). O Wattpad nunca me atraiu muito, mas sei que, se eu baixá-lo, não conseguirei mais sair de lá.
      Bibliotecas <3
      É, tipo assim, quando já tivermos lido todos os livros físicos que -não- paramos de comprar, rs. Obrigada Bá, que bom que gostou! Beijo.

      Excluir
  4. Adorei o post e seu ponto de vista. Não sou muito fã de ebook e só leio se a única opção. Minha vista cansa muito rápido e eu já passo muito tempo no computador e preciso desse momento off lendo um pouco kkkkk

    Beijos, Jessica
    http://ohamoramia.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz com isso, Jé ^-^
      Ah, pois é, além de que muitas pessoas também têm a vista sensível, o que torna mais difícil a leitura de ebooks. Hahaha, tem razão, sei como é.
      Beijo!

      Excluir
  5. ASSUNTO POLÊMICO! hahahaha
    Olá Rê!
    Eu não tenho nada contra Ebooks, desde que eles sejam gratuitos. Mas como uso óculos ( que por acaso já venceu! KKKKK), minha visão cansa rápido. Sem contar que é sempre um prazer encher um pouco mais sua estante de amor e seu quarto de cor, não é mesmo? Eu adoro comprar livros, e só compro livros físicos!
    Aliás, dia desses eu estava fuçando um site e os ebooks estavam mais caros que os impressos! Como assim? Hahaha

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hum, acho que nem tanto agora, rs. Ebooks gratuitos = <3
      Sim, e ainda com o óculos tem a questão do brilho e reflexo. Alguns não são, digamos, adaptados para o computador, haha. Que rima mais fofinha e verdadeira!
      Eu também não compraria ebooks, a não ser que fosse vantajoso, mas preciso parar um pouco de comprar os físicos também, rs.
      Pois é Midi, isso acontece bastante na Amazon! Difícil de acreditar, mas eu sei que tem. Beijos.

      Excluir
  6. Oi, Rê!
    Eu vivo lendo livros digitais, comecei a ler mais deles ao invés de físicos no segundo ano do Ensino Médio, se não me engano. Eles tem mesmo suas desvantagens, e não poder sentir o cheiro do papel acho que, para mim, é a pior delas. Mas infelizmente não tenho como comprar todos os livros que desejo (quem consegue?!), então recorro aos e-books, ainda mais por não formarem um peso a mais na bolsa/mochila. Mas sempre que posso dou um jeito de comprar livros físicos :)
    Beijos

    http://sobrecontarhistorias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Eu comecei assim que não tinha mais livros "interessantes na biblioteca da minha escola, acho que na quinta ou sexta série...
      Apesar de adorar o cheiro de livros novos, acho que poderia viver sem, rs. Pois é, né, QUEM consegue? Eu gostaria de ser amiga dessa pessoa, hahaha.
      Beijos!

      Excluir
  7. Oie. Adorei o post. Eu ja li um livro todo pelo computador e realmente doi e arde as vistas. Eu prefiro pegar o livro nas mãos, sentir o cheiro. É muito bom. Mas ebooks também tem suas vantagens como você disse ler no escuro. Adorei o blog muito lindo. Beijos Alice Matos do http://www.doceeloucaescrita.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Alice, que bom :D
      Haha, mas foi só um, imagina então quando forem vários! Pois é, tudo tem o seu lado bom e ruim. Obrigada flor, fico feliz que tenha gostado!
      Beijo.

      Excluir
  8. o kindle vem escrito qual a porcentagem já foi lida, então tem sim como saber o quanto progredimos na leitura.

    ResponderExcluir

Comentem, vou adorar saber o que acham do post e do blog! Sugestões são sempre bem-vindas, assim como você c: