Livro: A Invenção de Hugo Cabret

Autor: Brian Selznick

Editora: SM

Numero de Páginas: 533

Ano: 2007



Bom dia gente, como vão vocês? Hoje a resenha é de um livro que ficou famoso apenas quando seu filme foi lançado (lembra vocês de alguma coisa?), A Invenção de Hugo Cabret. O ano é 1930. Hugo é um menino que ficou órfão recentemente e a única coisa que tem de herança é um velho androide, que ganhou de seu pai, mas que ainda precisa de peças . É então obrigado a ir morar com seu tio alcoólatra, que trabalha em uma estação de trem, em Paris. Ele mora literalmente dentro da estação e ensina a Hugo o ofício de regular os relógios. Um dia seu tio simplesmente sai e não volta mais, e Hugo, não tendo outro lugar pra ir, continua vivendo na estação e cuidando dos relógios para ninguém mandá-lo para um orfanato, isso enquanto ainda tenta achar a chave que pode fazer o androide funcionar e assim realizar seu sonho e o de seu pai.
Se o filme é lindo, então imagine só o livro. A história é ainda mais viva e encantadora, e claro, com mais detalhes. É uma história bem rápida e tem algumas ilustrações (muito bem feitas diga-se de passagem). Recomendo para quem ainda não gosta de livros com muita escrita, pois apesar dele aparentar ser grande, apenas parte da página tem palavras. Claro, também recomendo A Invenção de Hugo Cabret para quem quer viver uma aventura cheia de mistério e idas furtivas ao cinema nas ruas de Paris. 

Nota:    ✰ 

Deixe um comentário

Comentem, vou adorar saber o que acham do post e do blog! Sugestões são sempre bem-vindas, assim como você c: