Livro: As Crônicas de Nárnia (volume único)

Autor(a): C.S. Lewis

Editora: Martins Fontes

Número de Páginas: 752

Ano: 2009



Bom dia gente! Tudo joia?! Resolvi fazer hoje a resenha do volume único das Crônicas de Nárnia, pois seria muito trabalhoso e mais confuso se tivesse que fazer de cada livro. Vou falar um pouco de como tudo começou então. Um belo dia, numa cidade comum, Polly ganha um novo vizinho, Digory. Eles se tornam amigos quase imediatamente, e passam a brincar juntos todos os dias. Mas, o que Polly não sabe é que Digory mora com seu tio versado em magia, o qual tenta insistentemente achar um meio de visitar outros mundos. Este tio, cria então vários anéis, que possibilitam à ida e volta de outra dimensão, e os testa com Polly, que desaparece. Digory decide ir atrás dela, e lá, os dois acabam libertando uma pessoa e descobrindo um mundo que mudará muitas vidas no futuro.
Ok, nada se compara as Crônicas de Nárnia. Já vou adiantando, apesar de o final ser triste, é uma série que vale a pena ler. Os livros são bem pequenos, cada um tem em média 120 páginas, mas são todas histórias diferentes, com outros personagens principais, algumas se cruzando, outras não. E no final você pode interpretar a história de várias maneiras, embora sempre tenha uma interpretação mais aceita por todos (não irei dizer qual é). Acho que além de tudo, As Crônicas são histórias muito bonitas, que falam sobre as várias formas de amor, amizade, bravura e lealdade.

Nota:    ✰  

Livro: A Garota Americana

Série: A Garota Americana (Livro 1)

Autor(a): Meg Cabot

Editora: Galera Record

Número de Páginas: 352

Ano: 2004

Sinopse: Samantha Madison é uma menina ruiva e rebelde de 15 anos, cheia de problemas. Filha do meio, vive oprimida pela beleza da irmã mais velha Lucy e a inteligência de Rebecca, a caçula. Para piorar, ainda está apaixonada por Jack, namorado de Lucy. Em Washington, capital dos Estados Unidos, leva uma vida muito parecida com a de tantas outras garotas de sua idade. Até que um dia resolve matar uma aula de arte e, por acaso, salva o presidente americano de uma tentativa de assassinato. Samantha logo se transforma em uma celebridade internacional. E vê sua vida virar de cabeça para baixo ao ser nomeada embaixadora da ONU, sem saber exatamente o que o cargo significa. As coisas ficam ainda mais enroladas quando descobre que aquele colega de sala bem bonitão é o filho do presidente. E está apaixonado por ela. Um romance muito divertido sobre os problemas, desejos e anseios de uma garota americana, que bem poderia ser uma típica adolescente como muitas que conhecemos.

O que eu achei do livro: exatamente o que está escrito na sinopse, "um romance muito divertido". Talvez até melhor. Como Meg é praticamente a escritora precursora de livros tipo comédia romântica para adolescentes, é totalmente plausível que os dela sejam dos melhores. Ela te faz desejar ser uma típica "garota americana". Você acaba de ler o livro querendo mais, muito mais de Samantha Madison e seu mundo adolescente nada normal e muito engraçado (felizmente tem mais, "Quase Pronta" é o segundo título da série, vou ver se escrevo a resenha). Pra quem quer rir bastante e ficar se perguntando "por que isso não acontece comigo?"

Nota:    ✰  

Bom dia galerê, e aí?! Hoje eu estava sem nada para fazer (tema de matemática agora se chama "nada"), então resolvi fazer uma tag, pois acho que é uma forma diferente e divertida de dar sua opinião sobre os livros. Também gostei muito de fazer a tag Versatille Blogger, então por que não fazer outra?! Resolvi fazer à "Li Até a Página 100 e..." do Eu Leio, Eu Conto.


E o livro escolhido foi Dezoito Luas, da Kami Garci e Margaret Stohl.


Primeira frase da página 100: "Você manda na minha biblioteca agora?"

Do que se trata o livro? Dezoito Luas é o terceiro livro da série "Beautiful Creatures", quando Lena já se invocou e como consequência coisas ruins estão acontecendo no mundo todo, os poderes dos conjuradores tanto da luz quanto das trevas estão descontrolados e uma (outra) batalha está por vir.

O que está achando até agora? Pra ser sincera, eu gostei mais do primeiro livro dessa série, Dezesseis Luas, fui até no cinema conferir o filme. Já em Dezessete luas a história era mais confusa e agora também estou achando um pouco maçante e chata. Espero que melhore.

O que está achando da personagem principal? Adoro o Ethan, ele é engraçado e muito fofo. Um "perfeito homem de Gatlin".

Melhor quote até agora? "Eu não conseguia visualizar Liv passando tanto tempo na escuridão dos túneis quando ela só me fazia pensar na luz do sol (essa foi uma das últimas que li e gostei, não tenho costume de anotar frases ou coisa assim, então não me lembro de muitas)."

Vai continuar lendo? Sim, porque quero ver se melhora e porque estou no terceiro livro de uma série de quatro, não vou parar agora, né? Não gosto de abandonar minhas leituras.

Última frase da página? "Eu esperava que a luz estivesse encontrando um caminho para entrar."

É isso pessoal, espero que tenham gostado e se sintam à vontade para responder a tag também!

Categorias:

Livro: Febre Negra

Série: Darkfever/The Fever Series (Livro 1)


Autor(a): Karen Marie Moning


Editora: Novo Século


Número de Páginas: 280


Ano: 2012



Ois! Como vão vocês? Hoje minha resenha será, como vocês podem ver lá em cima, do livro Febre de Sangue (só uma observação: se alguém já leu tanto esse título como A Maldição do Tigre, por favor vem falar comigo que temos que discutir uma coisinha c;). A história começa quando MacKayla Lane, "Barbie" de carteirinha, recebe a trágica notícia da morte de sua irmã, que estava na Irlanda em um intercâmbio, por uma estranha mensagem de voz que esta mandou para seu celular. Chocada, com raiva e sede de vingança, MacKayla decide ir à Irlanda e tentar descobrir o que aconteceu, já que a polícia não conseguiu determinar exatamente a causa de sua morte. Mas acaba descobrindo, juntamente com um (muito) misterioso e sexy "dono de livraria", Jéricho Barrons, coisas sobre a natureza dela, de sua irmã e de várias outras pessoas, coisas que ela nunca teria imaginado.

Adoramei essa série (créditos para o muito querido bibliotecário que me indicou). É divertidíssima, inusitada e criativa. Karen criou heróis fantásticos e monstros mais fantásticos ainda. Não tem como não ficar assombrada e encantada ao mesmo tempo. Também é legal que MacKayla e Barrons são um casal predefinido, mas o livro não foca no romance, e sim na ação. Um último aviso: não confie muito em ninguém, nunca se sabe realmente quem está de qual lado.

Nota: 
   ✰  

Buenos dias leitores! Tudo certo? Hoje fui indicada para uma tag (minha primeira!), pela Jacke, do Coleção de Nuvens (obrigadinha ^^). É a tag Versatille Blogger.



Então, para participar é preciso seguir à alguma regrinhas básicas: agradecer a pessoa que te indicou colando o link nessa postagem (lá em cima), escolher 15 blogs com menos de 200 seguidores para responder à tag e avisá-los e escrever 7 coisas que você goste. Bom gente, eu acho que 15 blogs é muita coisa para indicar, então vou indicar 7 que são uns que eu acompanho mais e o resto eu deixo livre. Se quiserem participar só deixem o link do seu blog nos comentários que eu atualizo a postagem!


E as 7 coisas que eu gosto:
  • Ler (não, eu amo);
  • Olhar séries, filmes, TV em geral;
  • Falar Inglês;
  • Viajar;
  • Dormir;
  • Escrever aqui para o blog e de vez em quando algumas poesias;
  • Olhar clipes musicais e tentar imitar a dança;
Espero que tenham gostado da minha primeira tag e se sintam livres para responder ela também, mesmo que não tenham sido indicados. Um super abraço!

Categorias:

Livro: A Guerra dos Tronos

Série: As Crônicas de Gelo e Fogo (Livro 1)

Autor(a): George R. R. Martin

Editora: Leya

Número de Páginas: 592

Ano: 2010

Sinopse: Em uma terra onde o verão pode durar décadas e o inverno toda uma vida, os problemas estão apenas começando. O frio está de volta e, nas florestas ao norte de Winterfell, forças sobrenaturais se espalham por trás da Muralha que protege a região. No centro do conflito estão os Stark do reino de Winterfell, uma família tão áspera quanto as terras que lhe pertencem. Dos lugares onde o frio é brutal, até os distantes reinos de plenitude e sol, George R. R. Martin narra uma história de lordes e damas, soldados e mercenários, assassinos e bastardos, que se juntam em um tempo de presságios malignos. Entre disputas por reinos, tragédias e traições, vitória e terror, o destino dos Stark, seus aliados e seus inimigos é incerto. Mas cada um está se esforçando para ganhar este conflito mortal: a guerra dos tronos.

O que eu achei do livro: bem, eu sou meio suspeita para falar de qualquer livro d'As Crônicas de Gelo e Fogo, porque eu amo de paixão, mas é uma série realmente maravilhosa, de tirar o fôlego. A história é da época medieval, mas claro, como é ficção existem uns bichinhos nada comuns, como dragões e uma espécie de zumbis. Tem pessoas que tem preguiça de ler (bobinhos), não sabem o que estão perdendo, joguem a preguiça fora e vão se encantar em Westeros, esse mundo maravilhoso do George. Só estejam preparados: ele é mais mortífero (e cruel) que a J. K. Rowling e Suzanne Collins juntas.

Nota:    ✰  


Livro: A Cabana

Autor(a): William P. Young

Editora: Arqueiro

Número de Páginas: 240

Ano: 2008



Bom dia estrelinhas! Tudo Ok? Hoje vou escrever sobre um livro que me surpreendeu muito, no bom sentido. Tudo começa quando Mack Allen Phillips decide viajar com sua família nas férias e sua filha caçula é raptada. Evidências de que ela foi brutalmente assassinada são encontradas em uma cabana, perto do lugar onde estavam e Mack, assim como o resto de sua família, nunca pôde se perdoar pelo que aconteceu. Entretanto, anos depois ele recebe um bilhete, aparentemente do próprio Deus, que diz que ele deve voltar à cabana. Mesmo não gostando da ideia, Mack vai e o que (leia-se quem) encontra lá muda sua vida para sempre.
Bom, eu não sou uma religiosa fanática, mesmo muito praticante, mas não tem importância, pra quem é (ou não) eu sugiro ler esse livro. Ele é muito legal, retrata Deus de uma maneira que poucas pessoas conseguem enxergar/imaginar e faz você ver as coisas de um modo diferente. Ele não é muito grande e é uma leitura prazerosa, então vai rapidinho, perfeito pra ter uma nova percepção de algumas coisas.

Nota:    ✰  


Livro: Garotas de Vidro


Autor(a): Laurie Halse Anderson


Editora: Novo Conceito


Número de Páginas: 272


Ano: 2012




Oi gente, como vão vocês? Vim hoje trazer a resenha de um livro que eu acho incrivelmente real e chocante (e incrível). Em Garotas de Vidro, Lia e Cassie são duas amigas com distúrbios alimentares, anorexia e bulimia, respectivamente. Tudo muda para Lia quando Cassie se afasta dela e dias depois é encontrada morta, tendo ligado 33 vezes para seu celular. Agora sem a amiga e com pais negligentes, Lia tem que dar um jeito de lidar com seus outros problemas, como a auto mutilação, e principalmente com ela mesma.

Amei esse livro. Nunca tinha lido nada tão aberto, que retratasse os distúrbios alimentares como eles são, não algo que é legal fazer porque outras garotas/modelos fazem. O que está escrito naquele livro é o que se passa na mente de uma anoréxica. Não é a toa que a Laurie é amiga do John Green, ela escreve muito bem. Ela soube descrever as coisas que a Lia pensava, sentia e vivia de um jeito diferente de qualquer coisa que eu já tenha lido. Mal posso esperar pra ler outro livro dela e ver se ela continua escrevendo encantadoramente.

Nota:    ✰  

Trazendo mais uma ótima notícia para o blog: uma parceria com a Giz Editorial! Mal posso acreditar, duas parcerias em tão pouco tempo é muita sorte, ainda mais pra mim que sou azarada. Espero que continue assim!

Sobre a Giz: Giz Editorial é uma empresa moderna, 100% brasileira, atuando desde 2005 no mercado editorial. Ela traz, na própria marca uma árvore, a sua filosofia de crescimento contínuo e proficiente, que visa levar ao leitor obras saudáveis, divertidas, instigantes e elucidativas da literatura nacional e mundial.
Para a Giz Editorial, cada livro é um traço produzido com paixão, cuidado e dedicação. E, ao contrário dos traços de giz de quadros negros, estes possuem a permanência das obras de qualidade, que ficarão por muito tempo na memória do leitor.


Página do Facebook: https://www.facebook.com/Gizedit
Site: http://www.gizeditorial.com.br/
Twitter: https://twitter.com/gizeditorial

Livro: O Destino do Tigre

Série: A Saga do Tigre (Livro 4)

Autor(a): Colleen Houck

Editora: Arqueiro

Número de Páginas: 400

Ano: 2013


Sinopse: Honra. Sacrifício. Amor. Poderia o fim de tudo levar a um novo começo? Kelsey, Ren e Kishan sobreviveram a três aventuras dramáticas e muitas provações. Mas, antes que possam partir na busca pelo último presente da deusa Durga, têm que enfrentar o feiticeiro Lokesh em seu próprio território. O vilão sequestrou Kelsey e já detém o poder de três amuletos. Ela precisa escapar de suas garras para quebrar a maldição do tigre, libertando seus amados príncipes. Esse, porém, é apenas o início da história em que escolhas difíceis e decisivas devem ser feitas por todos. O elemento principal agora é o fogo, e em meio a lava, demônios, animais fantásticos e zumbis, o trio enfrenta seu derradeiro desafio. O caminho é arriscado e cheio de reviravoltas potencialmente fatais. Só uma coisa é certa: ninguém pode fugir de seu destino. A saga dos tigres chega ao auge. Nunca antes Kelsey, Ren e Kishan sofreram tanto, estiveram tão unidos e precisaram lutar contra inimigos com tamanho poder. Emocionante do início ao fim, O destino do tigre explica todos os mistérios que unem os personagens e promete surpreender os leitores.

O que eu achei do livro: bom, para ser honesta, eu nem terminei de ler ele, mas sei que esse tem que ser o livro da semana. Aparentemente é a conclusão da Saga do Tigre, apesar de a Colleen ter prometido mais um livro para 2015 e porque eu ia estar muito debilitada para escrever a resenha, fico sempre sem saber o que fazer quando termino uma série, parece que a vida não faz mais sentido (também acho que vocês não aguentam mais resenhas da Saga do Tigre da minha parte, hahaha). A única coisa que vou falar sobre a história, é que um personagem muito querido morre. Ai, já estou quase chorando de novo.

Nota:    ✰  

Livro: A Viagem do Tigre

Série: A Saga do Tigre (Livro 3)

Autor(a): Colleen Houck

Editora: Arqueiro

Número de Páginas: 496

Ano: 2012



Boa tarde pessoas lindas que leem o meu blog, como vai a vida? Hoje vim aqui encher o saco de vocês com mais uma resenha da Saga do Tigre: A Viagem do Tigre. Eu sei vocês já devem estar enjoados, mas é o que estou lendo (e amando) ultimamente. No terceiro livro da série, Kelsey está desolada, pois seu grande amor Ren não consegue se lembrar dela. Dessa vez, eles e Kishan precisam encontrar o Colar de Perólas Negras de Durga que submergiu no mar, sendo que Kelsey morre de medo de tubarões, passar pela prova dos 5 dragões e para piorar Lokesh está mais perto de conseguir o que quer (leia-se Kelsey) do que nunca. Enquanto Ren ainda não se lembra de Kelsey, ela vai se deixando envolver por Kishan e seu companheirismo, enquanto secretamente espera que Ren recupere as lembranças que tem dela.
Esse livro. Ah, esse livro. Colleen sempre tem uma maneira nova de machucar a Kelsey, seja externa ou internamente. Por favor, dá um desconto pra ela, lembra que dói em mim também. Esse livro é tão bom quanto o segundo, mas mexeu ainda mais com as minhas emoções, o que não achei que fosse possível. Quando acabei o livro, chorei pela casa inteira e amaldiçoei vários personagens, tanto os maus quanto os bons, por diferentes motivos. Se bobear alguns me ouviram. Continuo recomendando fervorosamente essa série para garotas, principalmente as românticas, que virão a ser futuras amantes da Índia.

Nota:    ✰  

Oi, tudo bem pessoal? Hoje trago uma ótima notícia para o blog: a minha primeira parceria! É com a Andross Editora e vou por os links das páginas dela abaixo, assim vocês podem saber mais.

Sobre a Andross: Em agosto de 2004, a Andross Editora nasceu no campus da Universidade Cruzeiro do Sul, em São Paulo, para abrir espaço no mercado editorial aos alunos que não tinham condições de publicar seus primeiros textos. Iniciou as atividades com obras acadêmicas, mas cresceu e se mantém no mercado graças a um modelo de negócio diferenciado: a publicação de antologias.

Blog: http://www.blogdaandross.com/
E-Mail: andross@andross.com.br
Página do Facebook: https://www.facebook.com/pages/Andross-Editora/169797399752418
Site: www.andross.com.br
Twitter: https://twitter.com/androsseditora


Livro: A Invenção de Hugo Cabret

Autor: Brian Selznick

Editora: SM

Numero de Páginas: 533

Ano: 2007



Bom dia gente, como vão vocês? Hoje a resenha é de um livro que ficou famoso apenas quando seu filme foi lançado (lembra vocês de alguma coisa?), A Invenção de Hugo Cabret. O ano é 1930. Hugo é um menino que ficou órfão recentemente e a única coisa que tem de herança é um velho androide, que ganhou de seu pai, mas que ainda precisa de peças . É então obrigado a ir morar com seu tio alcoólatra, que trabalha em uma estação de trem, em Paris. Ele mora literalmente dentro da estação e ensina a Hugo o ofício de regular os relógios. Um dia seu tio simplesmente sai e não volta mais, e Hugo, não tendo outro lugar pra ir, continua vivendo na estação e cuidando dos relógios para ninguém mandá-lo para um orfanato, isso enquanto ainda tenta achar a chave que pode fazer o androide funcionar e assim realizar seu sonho e o de seu pai.
Se o filme é lindo, então imagine só o livro. A história é ainda mais viva e encantadora, e claro, com mais detalhes. É uma história bem rápida e tem algumas ilustrações (muito bem feitas diga-se de passagem). Recomendo para quem ainda não gosta de livros com muita escrita, pois apesar dele aparentar ser grande, apenas parte da página tem palavras. Claro, também recomendo A Invenção de Hugo Cabret para quem quer viver uma aventura cheia de mistério e idas furtivas ao cinema nas ruas de Paris. 

Nota:    ✰ 

Livro: O Resgate do Tigre

Série: A Saga do Tigre (Livro 2)

Autor(a): Colleen Houck

Editora: Arqueiro

Número de Páginas: 432

Ano: 2012


Boa tarde galera, e aí? Como está o fim de semana? Cá estou eu novamente com outra resenha da Saga do Tigre (que irá virar filme em 2015 *grita e pula de alegria*), dessa vez o segundo título da série. Na nova aventura, Kelsey volta à o Oregon para tentar esquecer de Ren, mas o tiro sai pela culatra, pois ele vai atrás dela, e como não poderia deixar de ser ficam juntos novamente. Os dois entram para a faculdade e não muito tempo depois Kishan, o irmão de Ren, também embarca para o Oregon. Agora podendo ficar na forma humana por até 6 horas, os meio-tigres e Kelsey vivem em paz, até que Lokesh descobre a localização deles e numa luta consegue capturar Ren, mas Kelsey e Kishan conseguem escapar, e farão de tudo para tirar Ren o quanto antes das garras dele. Agora numa nova busca, desta vez sem Ren, precisam encontrar um objeto ainda desconhecido, que além de ajudar a quebrar a maldição também ajudará a libertar Ren.
Só posso dizer que uma das frases da sinopse, "O dobro de ação, aventura e romance", é a mais pura verdade, mas esqueceram de dizer que "as vezes em que a Kelsey se machuca/quase morre" também são dobradas. O livro continua com uma qualidade impecável, só achava desnecessário (ATENÇÃO: SPOILER) o Kishan se apaixonar pela Kelsey, ele devia estar carente, só isso. A Saga do Tigre é uma das minhas séries favoritas, e se você não quer ter um tigre pra você de depois de ler, então leia de novo, porque certamente você perdeu alguma coisa.

Nota:    ✰  


Livro: Adormecida


Autor(a): Anna Sheehan


Editora: Lua de Papel


Número de Páginas: 272


Ano: 2012




Oi, oi, oi, tudo bem? Hoje eu falar de um livro que não é tão conhecido, mas é o máximo, "Adormecida". A história se passa no futuro, e fala de uma garota, Rose Fitzroy, que dorme por 60 anos um sono induzido. Ela é achada por acaso, em meio a reformas no antigo prédio onde morava e quando acorda, descobre que todos os que ela conhece e ama estão mortos. Também lhe é atribuída a função de administrar a corporação multimilionária que antigamente pertencia a seu pai e que por isso não pode confiar em ninguém, pois todos querem por as mãos em sua herança e não medirão esforços para isso.

Achei que o livro tem uma capa linda (foi mal, mas isso importa sim, hehe), e uma história melhor ainda. A Anna não "recriou" uma Bela Adormecida, ela escreveu uma história totalmente inédita, apenas pôs a garota para dormir também. Achei a história tão inusitada que passei o dia inteiro lendo, só pra saber o que ia acontecer no final e não me decepcionei (muito, achei que podia ser mais eletrizante e ter mais romance).

Nota:    


Livro: Cidades de Papel

Autor(a): John Green

Editora: Intrínseca

Número de Páginas: 368

Ano: 2013



Boa tarde gente! A resenha de hoje vai ser de um dos livros mais recentes do John Green, Cidades de Papel. Ele conta a história de Quentin Jacobsen, desde sempre apaixonado por Margo Roth Spiegelman (no livro ele geralmente usa o nome dela completo, então resolvi fazer o mesmo aqui). Uma noite, ela simplesmente resolve chamar ele pra sair por aí e fazer coisas malucas, dando a entender que gosta dele, mas então, no outro dia ela desaparece completamente, deixando uma série de vagas pistas para que Quentin e seus amigos possam encontrá-la.
Esse é um dos livros do John que eu mais gosto, porque ele não conta somente uma história de romance. Ele dá a entender que os personagens principais se gostam, mas dá mais foco pra humor e outras questões do nosso cotidiano na história, o que eu achei bem interessante, embora seja viciada num bom romance. É legal pra quem quer ler algo do John que é um pouco diferente do habitual.

Nota:    

Livro: A Maldição do Tigre

Série: A Saga do Tigre (Livro 1)

Autor(a): Colleen Houck

Editora: Arqueiro

Número de Páginas: 352

Ano: 2011



E aí pessoal? Hoje a resenha vai ser novamente do primeiro título de uma outra série muito boa, A Maldição do Tigre. Acabei de ler o livro ontem à noite e simplesmente tinha que escrever sobre ele. É sobre uma garota, Kelsey Hayes, que arranja um emprego de verão em um circo, e lá fica encantada por um Tigre chamado Dhiren, ou como ela o chama, Ren. Ele acaba sendo comprado pelo Sr. Kadam, um senhor "ambientalista" que pretende mandá-lo para a Índia, seu habitat natural, para viver em uma reserva. Kelsey, como se dá muito bem com Ren, é contratada para ir junto cuidar dele e ver como ele vai se adaptar. Mas, chegando à Índia, ela descobre que Ren é na verdade um homem, para ser mais exata um príncipe indiano, que foi amaldiçoado por Lokesh, um mago do mal, há muito tempo atrás e só pode voltar a forma humana 24 minutos por dia. Eles então partem numa busca para encontrar um dos 4 objetos que permitirão que Ren volte a sua forma humana novamente, o "Fruto Dourado".
Bom, eu não sei exatamente como começar a falar desse livro. Eu gostei muito, mas acho que a Colleen exagerou um pouco nessa história da mocinha que sempre se machuca/quase morre e o cara sempre salvando ela, quero dizer, acho que ela pôs muitas aventuras num livro só, muita "adrenalina". Mas fora isso achei um enredo muito original, é super legal conhecer mais sobre a cultura indiana, e ver como se desenrola o amor dos dois, por exemplo, eu super me identifiquei com a Kelsey. Leiam e se apaixonem pessoal!

Nota:    ✰  


Livro: O Herói Perdido

Série: Os Heróis do Olimpo (Livro 1)

Autor(a): Rick Riordan

Editora: Intrínseca

Número de Páginas: 432

Ano: 2011

Oii, como vão vocês?? Hoje a resenha vai ser do primeiro título de uma série que é spin-off de "Percy Jackson e os Olimpianos" (e que eu gostei mais do que a própria série original), "O Herói Perdido"! O primeiro livro conta a história de Jason, Leo e Piper, alternadamente por capítulos, três semideuses que descobrem o que são e são levados para o acampamento meio-sangue. Lá o assunto principal é "um tal de Percy Jackson" que sumiu, e uma profecia antiga, a profecia dos sete, que está para se concretizar e eles fazem parte dela. Com muitas aventuras, romance (o que é um livro sem um bom romance?) e uma dose de bom humor, o livro dessa vez não engloba apenas mitologia grega, como também mitologia romana.
Essa é uma série que eu simplesmente amei, e que recomendo para qualquer um. Posso dizer que Rick não perdeu a mão e continua escrevendo histórias maravilhosas, que nos encantam e fazem a gente sempre querer mais.

Nota:    


Livro: 365 dias do ano - Staying Strong

Autor(a): Demi Lovato

Editora: Best Seller

Número de Páginas: 416

Ano de Lançamento: 2013



Sinopse: Para a megaestrela Demi Lovato, a vida tem sido uma jornada - de conquistas impressionantes e perdas arrebatadoras. Cantora recordista de vendas, apresentadora de TV e atriz, ela enfrentou batalhas com a depressão e a dependência, tudo isso sem desistir de encontrar a felicidade e a si mesma. Demi compartilhou sua trajetória na mídia, nas letras de suas músicas e para seus 17 milhões de seguidores no Twitter. Esses tweets resultaram neste livro, uma obra em 365 insights honestos, esperançosos e impactantes. Aqui estão, nas próprias palavras de Demi, as citações que a inspiraram, assim como suas reflexões pessoais e seus objetivos. Demi Lovato - 365 dias do ano é para todos, em qualquer lugar, que precisem de conforto, inspiração e um motivo a cada dia para serem fortes em sua própria trajetória.

O que eu achei do livro: bom, não que eu não gostasse da Demi antes, mas esse livro me fez virar fã dela. Ela é um megaexemplo de superação, te faz pensar em todo os seus conceitos, tanto sobre você mesmo quanto sobre os outros e também te faz enxergar o quanto você é sortudo por ser você, e ter tudo o que tem. Demi Lovato conseguiu me surpreender muito, e com certeza vai surpreender você também

Nota:    ✰